BUSCAR
BUSCAR
No RN, mulher chama PM para denunciar marido agressor e leva gritos de “cachorra” e tapas na cara do próprio policial; VEJA VÍDEO
Vídeo mostra momento da agressão – Foto: Reprodução

Uma mulher que chamou a Polícia Militar para denunciar o companheiro por violência doméstica acabou sendo agredida pelo próprio policial na noite desta quinta-feira (15) em Santo Antônio, município do Agreste Potiguar. Vídeos publicados nas redes sociais mostram que, durante a ocorrência, um dos policiais chama a mulher de “cachorra” e dá tapas na cara dela.

Segundo a PM, os dois policiais envolvidos na ocorrência já foram afastados. Eles responderão a um processo administrativo que pode resultar até na expulsão deles da corporação.

“Lamentamos o que ocorreu e determinamos que eles fossem afastados do serviço operacional. Eles vão prestar seus serviços na sede do batalhão. Após a apuração dos fatos, vamos verificar quais serão as providências tomadas administrativamente e até penal”, disse o comandante-geral da PM no RN, coronel Alarico Azevedo.

Um vídeo mostra o momento em que os policiais chegam para atender a ocorrência de violência doméstica. Neste momento, a mulher estava abrigada na casa de um vizinho. Os policiais então entram na casa onde a mulher mora em busca do companheiro dela. Ela corre em direção aos policiais e diz “Peraí, ninguém precisa bater nele não”.

Os policiais saem da casa e um deles começa a brigar com a mulher, chamando ela de “cachorra”. É possível ouvir no vídeo o policial dizendo “Meta a mão mesmo. Bata nessa cachorra. Essa cachorra merece apanhar mesmo”. A mulher retruca e ele passa a agredi-la com tapas na cara, na frente de várias testemunhas, chegando a derrubá-la no chão.

Veja vídeo da ocorrência:

Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
[email protected]