BUSCAR
BUSCAR
Mulher morre no interior do RN após tomar veneno pensando que era cachaça, diz família; Itep e Polícia Civil investigam
Itep vai fazer exame toxicológico no corpo da mulher – Foto: Itep / Reprodução

Uma mulher de 47 anos que não teve a identidade revelada foi encontrada morta dentro de casa nesta terça-feira (17) em Portalegre, na região Alto Oeste Potiguar.

Segundo a família, a mulher tinha dependência alcoólica e morreu após ser envenenada com um pesticida (veneno) que ela ingeriu pensando ser cachaça. Oficialmente, não há confirmação ainda da causa do falecimento.


O caso já está sendo investigado em um inquérito policial. De acordo com a Polícia Civil, a mulher realmente foi encontrada com sinais de envenenamento, mas só exames periciais poderão confirmar se essa realmente foi a causa da morte. Os investigadores receberam de familiares a informação de que a mulher ingeria muita bebida alcoólica – o que também levanta a possibilidade de overdose.


Dentro da casa, a Polícia Civil também encontrou uma garrafa com um líquido que era usado, segundo os familiares, para pulverizar plantas. A principal suspeita é que a mulher ingeriu esse produto pensando que era cachaça.

O PORTAL DA 98 FM apurou que o Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep) prepara a realização de um exame toxicológico para tentar identificar a causa da morte.

O exame vai apontar se há níveis anormais de álcool e outras drogas ou pesticidas no corpo da mulher. Os produtos encontrados no corpo serão comparados ao líquido da garrafa.


WHATS 98 FM

Quer receber notícias na palma da sua mão? É muito fácil. Para ficar bem informado, mande um “oi” agora mesmo para o nosso WhatsApp e fique atualizado.

Fale conosco: 99998-9898

Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
[email protected]