Vacinas contra gripe acabam em Natal e campanha é suspensa

De acordo com a SMS, a primeira meta era vacinar 90% dos 82 mil idosos de Natal, ou seja, 73.800 idosos

Campanha de vacinação contra gripe começou na segunda-feira (23) em todo o país. Foto: Donato Fernandes/Prefeitura de Natal

Em três dias de campanha de vacinação contra Influenza em Natal, 71 mil idosos e profissionais de saúde foram imunizados. Com isso, a Secretaria Municipal de Saúde suspendeu a vacinação até chegar nova remessa federal. De acordo com a SMS, a primeira meta era vacinar 90% dos 82 mil idosos de Natal, ou seja, 73.800 idosos.

“A Campanha Contra Influenza fica suspensa até o recebimento da segunda remessa de vacinas por parte do Governo Federal. Até lá as pessoas não devem procurar os postos de saúde. Assim que recebermos o novo lote do Ministério da Saúde faremos o comunicado pelos meios de informação”, explicou George Antunes, secretário de saúde de Natal.

A capital ofertou à população, além dos 63 postos de vacinação, uma estrutura com quatro novos pontos, sendo dois deles drive thru (Arena das Dunas e Ginásio Nélio Dias), além dos pontos na Praça Augusto Leite e na sede da Cruz Vermelha, em Ponta Negra.

Vacina

A vacina de Influenza protege contra vários vírus respiratórios, entre eles o, Influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2) e Influenza B que circulam nesse período, em Natal. A SMS reforça que a vacina de Influenza não combate o Coronavírus (Covid-19).
Assim que o Ministério da Saúde enviar as novas doses, as novas datas serão comunicadas a população.


Ler Anterior

Coronavírus: Governadores querem manter isolamento e pedem suspensão de dívidas

Ler Próximo

Coronavírus: RN implanta Central de Atendimento em saúde