Novo programa social entra em vigor em janeiro, diz Onyx

Segundo o ministro, o desenho do programa já está pronto, apenas aguardando algumas definições do Ministério da Economia e aprovação do presidente Jair Bolsonaro.

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, afirmou que o novo programa social do governo deve entrar em vigor em janeiro de 2021.  Segundo o ministro, o desenho do programa já está pronto, apenas aguardando algumas definições do Ministério da Economia e aprovação do presidente Jair Bolsonaro. Apesar de ainda não saber se benefício continuará como Bolsa Família ou se terá um novo nome, como Renda Cidadã, Lorenzoni criticou o formato do programa petista. “O Bolsa Família foi à exaustão. É um programa que tantos os técnicos brasileiros quanto os estrangeiros mostram que perdeu completamente a sua focalização. Se transformou apenas em um instrumento eleitoral”, criticou.

Onyx contou que o Ministério da Cidadania está desenvolvendo estudos desde novembro de 2019. As pesquisas foram coordenados pela Casa Civil e incluíram outros cinco ministérios, organismos internacionais, como o Banco Mundial, e organismos do Brasil que ajudaram a revisar, formular e propor um novo caminho para os programas de transferência de renda brasileiros. De acordo com o ministro, o novo programa será conduzido por dois conceitos importantes: empregabilidade e mérito. “Esse é o foco do programa, que está pronto, ele está completamente montado. Ele usou muito da experiência que nós tivemos com o auxílio emergencial”, disse. “O Brasil foi o único país do mundo que escolheu uma plataforma digital, que escolheu um aplicativo para encontrar pessoas elegíveis segundo à lei. E a experiência foi impressionante”, comentou.

Fonte: Jovem Pan


Ler Anterior

Suposto ataque terrorista em Viena deixa pelo menos uma pessoa morta

Ler Próximo

Perícia online inicia atendimento em projeto-piloto do INSS