Olimpíadas de Tóquio: nova data é anunciada para 23 de julho de 2021

O anúncio oficial saiu pouco depois do presidente do Comitê Organizador japonês, Yoshiro Mori, afirmar que faltavam apenas alguns ajustes e o telefonema do presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI) Thomas Bach para a decisão ser tomada.

Compartilhe esse post

A nova data para a realização das Olimpíadas de Tóquio está confirmada: entre 23 de julho e 8 de agosto de 2021. O anúncio oficial saiu pouco depois do presidente do Comitê Organizador japonês, Yoshiro Mori, afirmar que faltavam apenas alguns ajustes e o telefonema do presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI) Thomas Bach para a decisão ser tomada. Até aquele momento, a data parecia ser a mais provável, mas não era confirmada oficialmente.

Na tarde desta segunda-feira em Tóquio (madrugada no Brasil), membros do Comitê Executivo do COI e do Comitê Organizador de Tóquio 2020 realizaram o primeiro encontro desde que a decisão pelo adiamento das Olimpíadas foi tomada. Entre os assuntos previstos para serem debatidos estavam a nova data para a realização das competições, custos da transferência das disputas para 2021, ingressos e o novo cronograma do evento.

– Precisamos decidir rapidamente a nova data. Imagino que Bach vá me ligar esta semana para conversarmos sobre isso – disse o presidente do Comitê Tóquio 2020, Yoshiro Mori, no discurso de abertura do encontro.

Assim como havia feito no domingo, a TV japonesa NHK, a maior do país, já garantia que o novo início para os Jogos estava marcado para 23 de julho, citando fontes internas do comitê. Ao término da reunião, o CEO do Comitê Organizador Tóquio 2020, Thoshiro Muto, enfatizou que ainda não havia uma data para a realização dos Jogos, mas que isso será resolvido o mais breve possível.

– Existem duas idéias para realizarmos (os Jogos): na primavera ou no verão. O que conversamos é que precisamos definir rapidamente para que os atletas possam se preparar – salientou Muto, que chegou a refutar que a data de 23 de julho de 2021 já estivesse escolhida naquele momento, mas também não descartou a possibilidade.

Bach não participou da reunião e até por sua ausência, o presidente do Comitê Organizador disse que não pôde haver uma definição sobre a nova data.

– Acho que os membros também têm sua opinião. Temos tempo de sobra para trocarmos opiniões e, depois, espero que todos se unam e sigam em frente pelo sucesso das Olimpíadas – afirmou o presidente do Comitê Organizador Tóquio 2020.

Sobre a questão dos ingressos, o CEO do Comitê Organizador Tóquio 2020 informou que quem desejar poderá remarcar as entradas. Mas explicou que aquelas pessoas que não puderem prestigiar o evento no próximo ano, a entidade tem por objetivo reembolsá-las.

Muto também se recusou a fazer qualquer estimativa de aumento de custos. De acordo com ele, as Olimpíadas acabaram de ser adiadas e, por isso, ainda é cedo para se ter um valor.

Fonte: Globo Esporte


Compartilhe esse post

Ler Anterior

Coronavírus: população de Moscou, na Rússia, fica confinada

Ler Próximo

Coronavírus: Polícia Militar fará uso de alto-falante para orientar população sobre isolamento social

Envie uma mensagem para o setor responsável.
WeCreativez WhatsApp Support
98 FM
Pedir Música
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Flávio Amorim
Comercial
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Sheyla
Vendas
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Vanessa
Vendas
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Peça uma Pizza
Acessível