Palmeira denuncia ação de estelionatários

Ação de estelionatários é recorrente no futebol. Em menos de uma semana é o segundo caso no RN

Ação de estelionatários é recorrente no futebol. Foto: Ilustração

Mais uma vez estelionatários aplicam golpes usando o sonho de ser jogador de futebol para ganhar dinheiro.

Na semana passada Hélio Florêncio, treinador do Visão Celeste denunciou uma situação onde o nome e do clube estavam sendo usados indevidamente.

Domingo (20) o Palmeira do Agreste divulgou nota de repúdio, denunciando o mesmo golpe.

NOTA

A diretoria e a comissão técnica do Palmeira Futebol Clube vêm a público, por meio desta, informar que algumas pessoas, que se apresentam com os nomes de LEANDRO, DIOGO e MAGALHÃES estão entrando em contato com empresários e jogadores de vários estados brasileiros, se passando por representantes de nossa instituição e cobrando dinheiro para, segundo eles, integrarem o nosso elenco.

Informamos, primeiramente, que esses fatos configuram crimes (de estelionato e falsa identidade), tipificados nos arts. 171 e 307 do Código Penal.

Em segundo lugar, não existe possibilidade nem da diretoria, nem da comissão técnica fazerem esse tipo de negociação.

O Palmeira Futebol Clube repudia este (e qualquer) tipo de crime e informa que já está tomando todas as medidas cabíveis necessárias.


Ler Anterior

MEC nomeia reitor eleito do IFRN após 8 meses

Ler Próximo

Mercado financeiro eleva para 4,39% a estimativa de inflação em 2020