PCC quer usar coronavírus para libertação em massa de presos

Facção manda advogados pedirem a soltura de detentos doentes e não violentos

Compartilhe esse post

O Primeiro Comando da Capital (PCC) determinou que seu departamento jurídico, a chamada sintonia dos gravatas, procure em razão da pandemia de covid-19 integrantes do Estado que tenham HIV, sejam diabéticos, tuberculosos ou tenham doenças cardíacas respiratórias e imunodepressoras. Os advogados devem pedir prisão domiciliar para esses detentos, não importando os crimes que eles praticaram.


Compartilhe esse post

Ler Anterior

Coronavírus: O RN tem 68 casos confirmados, segundo Sesap

Ler Próximo

Coronavírus: Osmar Terra diz que quarentena ‘pode até aumentar’ o contágio

Envie uma mensagem para o setor responsável.
WeCreativez WhatsApp Support
98 FM
Pedir Música
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Flávio Amorim
Comercial
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Sheyla
Vendas
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Vanessa
Vendas
Acessível