PF abre inquérito para investigar conduta de Pazuello na crise do Amazonas

Fotos: José Dias/PR

A Polícia Federal abriu nesta sexta-feira (29), por determinação do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), inquérito para investigar a conduta do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, na crise sanitária do Amazonas.

Como ministro, Pazuello tem foro privilegiado e, por isso, a investigação deve tramitar no Serviço de Inquéritos Especiais (Sinq). Lewandowski  avaliou que Pazuello terá a prerrogativa de marcar dia, horário e local para ser ouvido em depoimento pela Polícia Federal, devido a fase primária ainda de investigações.

O Amazonas passou por uma grave crise sanitária devido a falta de oxigênio nos hospitais e tendo que transferir vários pacientes para outros estados para receber atendimento médico. O pedido de inquérito foi enviado ao Supremo no sábado (23) pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, com base em uma representação do partido Cidadania.


Ler Anterior

Inscrições para Fies terminam hoje

Ler Próximo

Covid-19: Natal finaliza a vacinação da 1ª dose em idosos residentes em Instituições de longa permanência