PF prende blogueiro bolsonarista em inquérito que apura atos antidemocráticos

Corporação viu risco de fuga e pediu a prisão do blogueiro. O ministro Alexandre de Moraes, do STF, atendeu ao pedido.

Compartilhe esse post

A Polícia Federal prendeu nesta sexta-feira (26), em Campo Grande (MS), o blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio no âmbito das investigações do financiamento de atos antidemocráticos.

A ordem de prisão partiu do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que é o relator do inquérito que apura a captação de recursos para atos que defendem o fechamento do Congresso e do tribunal.

A TV Globo apurou que, nos monitoramentos, a Polícia Federal identificou que nos últimos dias Eustáquio esteve no município de Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai, e foi identificado risco de fuga. Por isso, a PF pediu a prisão do jornalista ao ministro do STF.

A prisão é temporária e tem prazo de cinco dias, podendo ser prorrogada por mais cinco.

Segundo as investigações, Oswaldo Eustáquio defende de forma oblíqua a ruptura institucional.

Os investigadores citam por exemplo uma postagem em que ele afirma: “Esse Supremo Tribunal Federal… corrupto… corrupto, que que ele fez? [Está] mancomunado com o Rodrigo Maia. [….] Em 64 não houve golpe militar, foi um contragolpe… porque daqui a pouco as pessoas vão falar: Oswaldo, você é a favor de uma intervenção militar? Não, eu sou a favor de uma intervenção do povo”.

O canal que Eustáquio mantém na internet tem mais de 264 mil inscritos. A Procuradoria Geral da República (PGR) determinou a quebra dos sigilos do blogueiro e quer apurar se a página recebe dinheiro pela divulgação dos atos.

G1

Foto: Reprodução


Compartilhe esse post

Ler Anterior

AGU recorre de decisão que impôs uso de máscara ao presidente

Ler Próximo

Concessões de crédito recuaram e juros caíram em maio

Envie uma mensagem para o setor responsável.
WeCreativez WhatsApp Support
98 FM
Pedir Música
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Flávio Amorim
Comercial
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Sheyla
Vendas
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Vanessa
Vendas
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Peça uma Pizza
Acessível