Pfizer pede autorização para usar vacina contra Covid-19 nos EUA

Esta é a primeira vacina contra Covid-19 a buscar aprovação regulatória nos Estados Unidos

A Pfizer e a BioNTech disseram que solicitarão uma autorização de uso emergencial para sua vacina contra o novo coronavírus nesta sexta-feira (20) ao Food and Drug Administration (FDA, na sigla em inglês), órgão regulador norte-americano.

Esta é a primeira vacina contra Covid-19 a buscar aprovação regulatória nos Estados Unidos. As empresas disseram em um comunicado que sua vacina, conhecida como BNT162b2, estará potencialmente disponível para uso em populações de alto risco nos Estados Unidos até o final de dezembro.

A submissão ao FDA tem como base os resultados do ensaio clínico de Fase 3 da vacina da Pfizer, que começou nos Estados Unidos em 27 de julho e envolveu mais de 43.000 voluntários.

A análise final do ensaio revelou que a vacina contra o coronavírus foi 95% eficaz na prevenção de infecções, mesmo em adultos mais velhos, e não causou problemas de segurança graves, anunciaram a Pfizer e seu parceiro alemão, BioNTech, esta semana.

O estudo também inclui dados de segurança sobre cerca de 100 crianças de 12 a 15 anos.

Cerca de 42% dos participantes globais e 30% dos participantes dos EUA no estudo de Fase 3 têm origens raciais e étnicas diversas, disseram as empresas. E 41% dos participantes globais e 45% dos EUA têm idades de 56 a 85 anos.

Fonte: CNN Brasil


Ler Anterior

Músico potiguar Carlos Zens lança seus álbum em plataformas digitais [VÍDEO]

Ler Próximo

Capitão do Corpo de Bombeiros fala com exclusividade sobre afogamento em Areia Preta