BUSCAR
BUSCAR
Polícia cumpre mandados contra empresário de Natal e integrante de facção criminosa
Comerciante é assassinado dentro do próprio mercadinho em Mossoró - Foto: Agência Brasil
(Foto: Agência Brasil)

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado – DEICOR, dando continuidade à Operação “O Senhor das Armas”, na manhã desta terça-feira (10), deram cumprimento a um mandado de prisão preventiva e um mandado de busca e apreensão domiciliar.

O mandado de prisão preventiva foi expedido em desfavor de Robson Roberto Pegado da Costa Pereira, “Robinho do Morro”, integrante de uma facção criminosa regional que atua que no Estado e que já se encontra preso no presídio Rogério Coutinho Madruga – PV5, em Nísia Floresta/RN, pois possuía, à época em que foi capturado pelo BPCHOQUE, 03 mandados de prisão em aberto.

Já o mandado de busca e apreensão foi em desfavor do indiciado e denunciado pelo Ministério Público Estadual, Vicente Alves Neto, empresário aqui de Natal.

Durante as investigações ficou comprovado que o fuzil AR10, calibre 7,62, apreendido no dia 12/05/2021, em poder do também indiciado e denunciado Makson Felipe se Menezes Pereira, vulgo Playboy das Armas e Esterivar Ferreira de Lima, Senhor das Armas, pertencia ao Rubinho do Morro, mas estava guardada na residência do investigado Vicente Alves Flor Neto.

Além desse fuzil calibre 7,62, no dia da operação, também foram aprendidas mais 04 (quatro) armas, sendo uma Carabina .40, uma metralhadora luger 9mm, além de 02 pistolas 9mm e 183 munições.

Das 05 armas ilegalmente apreendidas, 04 delas estavam em poder do empresário Vicente Alves Flor Neto, uma vez que o indiciado atuava como investidor do crime, ou seja adquiria armas de grosso calibre, metralhadoras e armas curtas, além de munições e as vendia para integrantes de facção criminosa e também para quem desejasse adquiri-las.

A operação “Senhor das Armas” tem o objetivo de desarticular uma Organização Criminosa especializada em comércio ilegal de armas de fogo de grosso calibre aqui no Estado.

A DEICOR vai continuar com as investigações para identificar e prender outros criminosos envolvidos com o comércio ilegal de arma de fogo.

Com informações do Grande Ponto

Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
[email protected]