Polícia Militar intensifica fiscalização aos ‘rolezinhos’

No Café com Notícia de hoje, conversamos com o assessor da Polícia Militar, o tenente coronel Franco sobre essa abordagem e também sobre a intensificação de barreiras da Polícia Militar preocupada com os ‘rolezinhos’. 

Em imagens divulgadas desde segunda-feira (21) nas redes sociais, mostra a abordagem da Polícia Militar aos chamados ‘rolezinhos’ e apreensão de motos quando um adolescente, ao ser questionado sobre sua moto, ateia fogo em sua própria moto.

No Café com Notícia de hoje, conversamos com o assessor da Polícia Militar, o tenente coronel Franco sobre essa abordagem e também sobre a intensificação de barreiras da Polícia Militar preocupada com os ‘rolezinhos’.

“Nós não queremos, em hipótese alguma, impedir que as pessoas usem suas motos com o fim recreativo. Mas é como se faz esse passeio, como se anda de moto. Andar de moto requer responsabilidade. E o que nós identificamos no ‘rolezinho’, é primeiramente adolescentes de moto que não pode, motos com mudanças de característica ou pessoas fazendo manobras perigosas.”.

Sobre o caso, especificamente, do adolescente que ateou fogo na própria moto, o coronel Franco destacou que “isso só demonstra o ânimo de muitos jovens que participam desse tipo de movimento. Não com o caráter saudável da coisa, mas sim com o espírito armado, com a própria intolerância.”

Acompanhe a entrevista completa:


Ler Anterior

Eficácia da CoronaVac será divulgada hoje pelo Butantan

Ler Próximo

Bancos abrem em horário especial na véspera do Natal