Prefeito de São Paulo tem piora e é diagnosticado com líquido nos pulmões e no abdômen

Bruno Covas está internado para tratar um câncer

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), apresentou uma piora de saúde e foi diagnosticado com líquido nos pulmões e no abdômen. Uma suplementação nutricional também foi iniciada para que ele esteja mais preparado para o novo tratamento. A informação foi dada na tarde desta quarta-feira (21) em coletiva de imprensa da equipe médica que assiste o prefeito.

Covas enfrenta um câncer na região da cárdia, localizada na transição entre o estômago e o esôfago, com metástase em outras áreas do corpo. Ele foi internado na última quinta-feira (15) para a realização de exames de controle, que descobriram novos focos de tumores nos ossos e no fígado.

De acordo com os médicos, o prefeito poderia receber alta e continuar com um novo tratamento oncológico, mas na sexta-feira (16) foi constatada a presença de líquido no abdômen e nos dois pulmões, desencadeada pela presença dos nódulos no fígado.

O líquido fica mais exatamente entre as pleuras, tecidos que revestem os pulmões e o tórax. Um tratamento com drenos foi iniciado no dia seguinte.

“O prefeito veio fazer uma avaliação rotineira e os exames de imagem, endoscópicos e gerais mostraram avanço da doença, tanto na região do fígado, quanto no aparecimento de lesões ósseas. Isso fez com que os oncologistas adotassem uma nova proposta terapêutica composta de dois quimioterápicos e dois imunobiológicos”, disse o médico David Uip.

De acordo com a equipe médica, Bruno Covas responde bem ao tratamento e permanecerá despachando do hospital, ainda que restrito, sem exposição pública.
Com informações do G1

Ler Anterior

RN tem mais leitos Covid disponíveis do que pacientes em fila

Ler Próximo

Potiguar atropela o ABC no Frasqueirão