BUSCAR
BUSCAR
Preocupação
Prefeito vai ampliar capacidade de público para jogo decisivo do Campinense contra América
FNF pede providências do MP, CBF e da Governadora
Jornal da Paraíba

Jornal da Paraiba

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, manifestou a intenção de liberar um público maior nos estádios de futebol na cidade no novo decreto. O objetivo, segundo ele, é ampliar a capacidade de público na partida decisiva da Raposa, pela Série D, no próximo sábado (16).

O confronto do Campinense com o América de Natal será realizado no estádio O Amigão. Caso vença, o time campinense conquistará o tão sonhado acesso à Série C de 2022.

“Nosso decreto mais recente, já autorizava eventos esportivos com público, respeitando um percentual de 20% da capacidade total e exigindo distanciamento entre as pessoas. Estamos publicando um novo decreto que mantém todas as exigências e amplia um pouco o percentual permitido”, destacou o prefeito.

Bruno também postou que solicitou um estudo à Secretaria de Esporte do Município (Sejel) e à Vigilância Sanitária para balizar a mudança. A medida foi executada mediante inspeção ao estádio O Amigão, tendo o acompanhamento do Ministério Público, Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar.

Lembrando que o Amigão comporta um grande número de torcedores, sendo um ambiente aberto e ventilado, Bruno destacou ainda que “a gente quer ver a Raposa na série C, quer ver o torcedor no Amigão, sendo o 12º jogador em campo, e quer, sobretudo, garantir que o retorno das pessoas ao estádio aconteça de forma segura, responsável e fiscalizada”.

Do blog

Através do Twitter o presidente da FNF tem cobrado providências do MP e CBF em razão dos atos violentos ocorridos após o jogo de ida em Natal

Independentemente das medidas legais feitas,estamos solicitando a Governadora Fátima Bezerra e Ministério Público prover medidas junto ao Estado da PB medidas de alerta e prevenção ao jogo do América na cidade de Campina Grande.

No mesmo sentido já alertamos a CBF pela importância e relevância que deve ser dado ao evento, pela repercussão do ocorrido na partida em Natal que em nada engrandece nossa tradição esportiva.

Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
[email protected]