BUSCAR
BUSCAR
Arquivado
Presidente do TJD fala sobre declarações de treinador e gestos de atacante
Gestos obscenos de atacante na mira da Procuradoria do TJD

O presidente do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Norte, André Medeiros, entrou em contato com o blog para falar sobre matéria publicada hoje (13) onde cobrei uma posição do TJD sobre recente declaração de Hugo Chacon, treinador do Globo, que após a derrota para o ABC, afirmou que ” a arbitragem pende para o ABC”.

A matéria tratou de fatos recentes, ocorridos um na primeira, declaração do treinador, e outro, gestos obscenos de um jogador, na segunda rodada do Estadual.

O teor da postagem foi sobre fatos novos e sem ligação com o Inquérito que apurou denúncias de manipulação em 2021.

” O TJD RN instaurou inquérito em 2021 (nº 035/2021), concluído em agosto do mesmo ano, mediante relatório publicizado desde então. O objeto deste procedimento foi justamente a apuração de irregularidades da arbitragem como um todo no campeonato estadual. Convém destacar que na investigação foram ouvidas diversas testemunhas, dentre elas o Sr. Hugo Chacon, que perante a comissão de auditores/ procurador do TJD RN declarou: “então não acho que tenha má-fé de forma alguma da arbitragem.”
E, da mesma forma que o referido profissional, todas as demais testemunhas foram uníssonas em afirmar que desconheciam qualquer equívoco de má-fé por parte da arbitragem da Federação norte-rio-grandense de Futebol, razão pela qual, neste aspecto, foi proposto o arquivamento do procedimento investigatório.Chamamos atenção para o fato de que o relatório conclusivo e as provas produzidas no inquérito de nº 035/2021 estão disponíveis para a consulta da mídia desportiva e da população como um todo”.

Leia também

Cadê o Tribunal de Justiça Desportiva do RN

Também abordei o comportamento de Tiago Potiguar depois da derrota para do Potyguar no Frasqueirão

” Já em relação aos “gestos obscenos do atleta Tiago Potiguar, depois do ABC 2 x Potyguar 0” também citados pela matéria, ocorrido na data de ontem (12 de janeiro de 2022) a mídia visual contendo o suposto fato já está sendo analisada pela procuradoria de justiça desportiva”.

Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
[email protected]