Pressão nas UPAs no RN cai, revela monitoramento de pesquisadores da UFRN

A informação é fruto de avaliação das demandas por solicitações de regulação que partem das UPAs do RN feita pela equipe de pesquisadores da UFRN

Compartilhe esse post

Após as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do RN chegarem a registrar índice de operação 220% acima da capacidade projetada para a Covid-19, a pressão nessas unidades diminuiu nos últimos dias.

A informação é fruto de avaliação das demandas por solicitações de regulação que partem das UPAs do RN feita pela equipe de pesquisadores da UFRN, coordenada pelo professor José Dias. De acordo com a avaliação, essa queda na pressão das UPAs deve refletir na diminuição nos internamentos e demandas por leitos de UTI e UCI nos próximos dias.

De acordo com os modelos, o pico na taxa de solicitações diárias nas UPAs foi registrado em 21 de junho. De acordo com o registrado no último sábado (27), esse número caiu bruscamente, com o semelhante ao registrado em maio.

Os pesquisadores chamam atenção para que este indicador de solicitações nas UPAS (de redução) seja acompanhado com a taxa de ocupação de leitos de UTI e a taxa de transmissibilidade R(t) nos próximos dias. De acordo com a equipe, essa combinação aponta o verdadeiro entendimento de qual nível de controle está a epidemia no Estado do Rio Grande do Norte.

Fonte: Portal Grande Ponto


Compartilhe esse post

Ler Anterior

Mercado financeiro prevê queda do PIB de 6,54% este ano

Ler Próximo

No América o aniversário será sem festa

Envie uma mensagem para o setor responsável.
WeCreativez WhatsApp Support
98 FM
Pedir Música
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Flávio Amorim
Comercial
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Sheyla
Vendas
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Vanessa
Vendas
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Peça uma Pizza
Acessível