Primeiro caso de Coronavírus é confirmado no Rio Grande do Norte

Paciente é uma mulher de 24 anos que retornou de viagem à Europa , passando pela Itália, França e Áustria

Compartilhe esse post

Governadora confirma 1º caso do Coronavirus no RN. Foto: Reprodução

O primeiro caso do novo Coronavírus no Rio Grande do Norte acaba de ser confirmado. A informação foi postada na noite desta quinta-feira (12) no perfil da governadora Fátima Bezerra (PT) e do Governo do RN, no Instagram. A confirmação é seguida de nota ténica. Confira a íntegra:

“A Secretaria de Estado da Saúde Pública e a Secretaria Municipal de Saúde de Natal confirmam, na noite desta quinta-feira (12/03), o primeiro caso importado do novo Coronavírus (COVID-19) no Rio Grande do Norte.

Trata-se de paciente com histórico de viagem à Europa (França, Itália e Áustria), de 24 anos do sexo feminino. A referida paciente passa bem e está seguindo as recomendações de isolamento preconizadas em Natal, onde reside. As análises laboratoriais foram realizadas pelo Instituto Evandro Chagas, no Pará, referência nacional para os exames do Covid-19.

Importante destacar que a paciente foi contaminada na Europa, ou seja, ainda não temos transmissão local no RN – quando ocorre de pessoa a pessoa. A paciente começou a manifestar os sintomas da doença ao retornar ao Estado, quando procurou assistência médica. Desde a notificação, todas as medidas de controle e prevenção da doença vêm sendo tomadas pelas Secretarias de Estado e Secretaria Municipal de Saúde de Natal.

As Secretarias reforçam a necessidade da população manter as medidas de higiene que protegem não só para o Covid-19, mas para diversos vírus de transmissão respiratória que circulam em nosso território, como sarampo e a influenza. Os potiguares também devem ficar atentos às informações oficiais, evitando propagar fake news.

Por fim, A Sesap-RN e a SMS Natal reafirmam que este não é um momento para pânico. O Estado vem intensificando a articulação com os municípios para operacionalizar o plano de contingências que prevê a ampliação das ações assistenciais, de vigilância e de educação em saúde. Trabalhando arduamente para atender os casos suspeitos por covid-19 independente de confirmação, buscando, assim, evitar novos adoecimentos.”

Leia também:
PRECAUÇÃO: RN traça estratégias para impedir propagação do coronavírus


Compartilhe esse post

Ler Anterior

Usando máscara, Bolsonaro recomenda adiamento de manifestações do dia 15

Ler Próximo

Planos de saúde terão de cobrir exames para detectar novo coronavírus

Envie uma mensagem para o setor responsável.
WeCreativez WhatsApp Support
98 FM
Pedir Música
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Flávio Amorim
Comercial
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Sheyla
Vendas
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Vanessa
Vendas
Acessível