Queiroz deve deixar a prisão nesta sexta-feira

Benefício foi concedido após uma decisão do ministro João Otávio Noronha, presidente do Superior Tribunal de Justiça, na quinta (9)

Compartilhe esse post

O ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), Fabrício Queiroz, deve ir para a prisão domiciliar na manhã desta sexta-feira (10). O benefício foi concedido após uma decisão do ministro João Otávio Noronha, presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), na quinta (9).

Uma das filhas dele deixou uma mensagem emocionada avisando que vai buscar o pai no Complexo Penitenciário de Gericinó.

“Estou indo te buscar, meu pai! E você vai ter o abraço de todos os seus filhos que estão cheios de saudades e tanto te amam e sabem o homem incrível que você é!”, disse a filha na mensagem.

Queiroz está preso desde 18 de junho, quando a Polícia Federal deflagrou a Operação Anjo.

A defesa afirma que o ex-assessor está fazendo um tratamento contra um câncer e usou como argumento o “atual estágio da pandemia do coronavírus”. Os advogados disseram que Queiroz “é portador de câncer no cólon e recentemente se submeteu a cirurgia de próstata”.

O benefício também contempla a mulher de Queiroz, Márcia Aguiar, cuja prisão foi determinada na operação e é considerada foragida. De acordo com a defesa, ela vai se apresentar.

Queiroz é alvo de investigação sobre o esquema das “rachadinhas” na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Fonte: G1


Compartilhe esse post

Ler Anterior

Orla de Natal recebe câmeras e será vigiada 24 horas por dia

Ler Próximo

Integrantes do MBL são presos em operação contra desvio e lavagem de dinheiro em SP

Envie uma mensagem para o setor responsável.
WeCreativez WhatsApp Support
98 FM
Pedir Música
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Flávio Amorim
Comercial
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Sheyla
Vendas
Acessível
WeCreativez WhatsApp Support
Vanessa
Vendas
Acessível