BUSCAR
BUSCAR
Renúncia do presidente e denúncias graves atingem o Potiguar
Benjamim Machado. Foto: TCM

A crise do Potiguar é profunda e a renúncia do presidente Benjamim Machado, na noite desta terça-feira (02) é um capítulo preocupante.

Benjamim já vinha sendo pressionado e isolado pela diretoria desde o ano passado. Além dos maus resultados em campo, a crise financeira e  as denúncias de envolvimento de pessoas ligadas ao clube com manipulação de resultados  criaram um clima insustentável para a permanência do dirigente no comando do clube.

O vice-presidente Djalma Júnior assumiu o barco rubro na tentativa e não sabe como vai colocar o time em campo no domingo que vem para enfrentar o Globo. Perdeu o treinador Luis Miguel e jogadores, que deixaram o clube, alguns atirando nas redes sociais como foi o caso de Matheus Gaúcho.

O Potiguar vai solicitar que a FNF adie o jogo de domingo por falta de condições de colocar o time em campo, o que não tem nenhuma lógica. Não creio que a federação atenda tal pedido. Se o Potiguar não tiver como colocar o time em campo, perde por WO e fim de papo.

A crise do Potiguar, a renúncia do presidente e as denúncias de possível envolvimento de pessoas ligadas ao clubr, podem ter sérios desdobramentos.

Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
[email protected]