Secretário de Fátima comenta alta no preço dos alimentos: ‘Inflação corrói poder de compra das famílias enquanto tem gente preocupada em armar a população’

Secretário estadual de Planejamento e Finanças, Aldemir Freire – Foto: Reprodução

O secretário de Planejamento e Finanças do Governo do Estado, Aldemir Freire, usou as redes sociais nesta segunda-feira (13) para comentar a alta no preço dos alimentos.

Usando um gráfico que mostra a escalada da inflação no País nos últimos 19 meses (janeiro de 2020 a julho de 2021), o secretário destacou que os reajustes constantes – especialmente no preço dos alimentos – “está corroendo o poder de compra das famílias e dos trabalhadores brasileiros”.

O gráfico, elaborado pelo Nexo Jornal, aponta que, no período de 19 meses, o IPCA (inflação oficial) subiu 17,9% no segmento de alimentação e bebidas – mais sentido pela população mais pobre.

Foi o setor com maior aumento, seguido de artigos para residência, habitação, transportes, saúde e outros. Outro gráfico separado por Aldemir Freire mostra que, especificamente dentro do lar, a alimentação subiu ainda mais: 21,7% – contra 9,1% fora do lar.

Pelo Twitter, o secretário do governo Fátima Bezerra (PT) criticou indiretamente o governo do presidente Jair Bolsonaro pelos aumentos.

“A impressionante escalada da inflação no Brasil, com destaque para o aumento do preço dos alimentos no domicílio. Essa inflação está corroendo o poder de compra das famílias e dos trabalhadores brasileiros. Enquanto tem gente preocupada com o avanço do comunismo e em armar a população”, finalizou.

Veja o tweet:


WHATS 98 FM

Quer receber notícias na palma da sua mão? É muito fácil. Para ficar bem informado, mande um “oi” agora mesmo para o nosso WhatsApp e fique atualizado.

Fale conosco: 99998-9898


Ler Anterior

Donald Trump elogia Bolsonaro: “Eu adoro o presidente do Brasil, ele trabalha tão duro ajudando as pessoas”

Ler Próximo

Ator de ‘Carinha de Anjo’ é encontrado morto em SP