Sesap confirma que frascos da Coronavac estão vindo com menos doses do que o indicado

Segundo a Sesap, o Ministério da Saúde já tem conhecimento dos casos de doses a menos, e que isso vem acontecendo em outros estados do país

Cada dose de vacina da Coronavac é 0,5 ml, os frascos podem vir com 5 ou 10 doses. Foto: Agência Brasil

A Secretaria de Saúde do Rio Grande do Norte (Sesap) confirmou nesta quarta-feira (7) à reportagem da 98 FM que, de fato, as vacinas da Coronavac contra a Covid-19, produzida pelo Instituto Butantan, estão sendo enviados com menos doses do que o indicado nos frascos do imunizante. Também nesta quarta-feira, a Prefeitura de Parnamirim informou que os últimos 3 lotes recebidos pelo município vieram com menos doses do que deveria, cada frasco deveria conter 10 doses do imunizante produzido pelo Butantan, porém algumas ampolas só continham 9 doses. Cada dose de vacina da Coronavac é 0,5 ml, os frascos podem vir com 5 ou 10 doses.

As vacinas são adquiridas pelo Governo Federal, enviadas aos estados que distribuem para os municípios. Segundo a Sesap, o Ministério da Saúde já tem conhecimento dos casos de doses a menos, e que isso vem acontecendo em outros estados do país. O procedimento indicado pelo Governo Federal é notificar as faltas no site Notivisa da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), porém o RN está usando também a plataforma do RN + Vacina, que contabiliza as informações sobre a campanha de imunização no Estado.

Segundo a Secretaria de Saúde do Estado, as doses faltosas são retiradas do sistema após homologação. A pasta informou que o Butantan está ciente dos casos e a Sesap aguarda o posicionamento do instituto para saber como proceder.

Porém, a Secretaria de Saúde de Parnamirim disse que parte das doses perdidas são na verdade, doses que faltaram, 163 das 356 doses registradas como perda técnica seriam de fato imunizantes perdidos por problemas técnicos, nesse caso a falta de energia em 2 Unidades Básicas de Saúde (UBS) que armazenavam as vacinas.

A imunização no Estado começou no dia 19 de janeiro, até o momento o RN recebeu 685.690 doses e aplicou 433.125. Até as 16h de hoje, o município de Parnamirim registrava 356 doses perdidas, das 39.825 recebidas.


Ler Anterior

Prefeitura de Natal seleciona professores e educadores infantis temporários

Ler Próximo

Assembleia aprova prorrogação de decreto de calamidade em 12 municípios do RN