Sesap entrega doses para abertura de novos públicos na vacinação contra Covid-19 no RN

Distribuição de 88.181 imunizantes atenderá população em geral e mais quatro públicos prioritários

A divisão de doses é feita pela Sesap a partir de estimativas colhidas junto a entidades de representação dos grupos, dados do SUS e consultas aos municípios. Foto: Governo do RN

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) distribui ao longo desta quinta-feira (1º) uma carga de 88.181 vacinas contra a Covid-19 para todos os municípios potiguares. Os lotes, encaminhados em operação conjunta com a Secretaria de Estado da Segurança Pública, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar, são a soma dos imunizantes recebidos esta semana e parte da reserva técnica liberada pela Sesap.

As vacinas são destinadas, de acordo com a orientação da Sesap a partir das pactuações com os municípios, todas como 1ª doses para atender a população em geral (41 mil doses da AstraZeneca/Fiocruz) e outros quatro públicos prioritários: trabalhadores da indústria, trabalhadores do transporte coletivo, integrantes do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e lactantes com crianças de até 12 meses.

A divisão de doses é feita pela Sesap a partir de estimativas colhidas junto a entidades de representação dos grupos, dados do SUS e consultas aos municípios. Assim, neste carregamento, serão 25.950 doses para os trabalhadores da indústria (24 mil de AstraZeneca/Fiocruz e 1.950 de Pfizer), 7.920 para as lactantes, 7.689 para membros do SUAS e 5.622 destinadas aos trabalhadores do transporte coletivo.

A nota técnica da Sesap aos municípios orienta os municípios quanto aos grupos a serem atendidos e os documentos necessários para comprovação de atividade.

Até meados da tarde desta quinta, segundo os dados da plataforma RN+ Vacina, foram registradas 1.572.777 doses de vacinas contra a Covid-19 aplicadas no estado, sendo 1.158.446 pessoas que receberam pelo menos uma dose e 414.331 pessoas completamente vacinadas.


Ler Anterior

Ministério da Saúde lança plataforma com prontuário médico eletrônico

Ler Próximo

Oposição pede abertura de CEI na Câmara para investigar compra de respiradores pela Prefeitura do Natal