STF vai decidir se Estado pode obrigar vacinação

Por unanimidade, os ministros da Corte reconheceram a existência de repercussão geral em recurso que trata da matéria

O Supremo Tribunal Federal vai decidir se pais podem deixar de vacinar seus filhos menores de idade tendo como fundamento convicções filosóficas, religiosas, morais e existenciais. Por unanimidade, os ministros da Corte reconheceram a existência de repercussão geral em recurso que trata da matéria. Não há previsão para que o caso seja colocado em pauta.


Ler Anterior

Justiça considera ilegal e manda suspender greve dos portuários de Areia Branca

Ler Próximo

Novo terremoto de magnitude 2.4 é registrado em cidade no interior do RN