Styvenson é contra perdão de dívidas de igrejas

O presidente Bolsonaro tem até hoje para sancionar ou vetar a emenda.

O senador Styvenson Valentim (PODEMOS) afirmou que é contra o perdão de dívidas de igrejas. O parlamentar afirmou, em entrevista ao 12 em Ponto 98, que “a gente precisa separar política de religião”.

“Não estou querendo penalizar as igrejas, pelo contrário. […] Agora, [temos que] separar Deus desses lucros exorbitantes que muitas vezes a gente não dá transparência.”

A emenda ao projeto foi apresentada pelo deputado David Soares (DEM-SP). O parlamentar justificou que o pagamento de tributos penaliza os templos.

Confira:


Ler Anterior

Styvenson vai defender inclusão de militares, juízes, promotores e parlamentares na reforma administrativa

Ler Próximo

MPRN e Defensoria Pública recomendam que STTU não barre idosos no transporte público