Surto de ‘pneumonia mortal’ no Cazaquistão pode ser Covid-19, diz OMS

Embaixada chinesa no Cazaquistão disse na quinta (9) que há uma pneumonia local, ainda com causa desconhecida, com uma mortalidade maior do que a da Covid-19.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou nesta sexta-feira (10) que o relato de um “novo surto de pneumonia” no Cazaquistão pode ter relação com casos de coronavírus Sars-Cov-2 não diagnosticados.

“É possível que esses casos de pneumonia [no Cazaquistão] sejam casos da Covid-19 não diagnosticados”, afirmou Michael Ryan, diretor de emergências da OMS.

“Vamos investigar propriamente esses casos”, disse Ryan.

Na quinta-feira (9), a embaixada da China disse que há um surto de pneumonia local no Cazaquistão, ainda com causa desconhecida, com uma mortalidade maior do que a do Sars CoV-2.

De acordo com a embaixada chinesa, a doença já causou 1.772 mortes no primeiro semestre de 2020 – 628 delas em junho. Três regiões do Cazaquistão estão afetadas e entre as vítimas estariam cidadãos chineses. O Cazaquistão negou as afirmações.

Fonte: G1


Ler Anterior

Justiça Federal do RN confirma decisão que proíbe celebração do Golpe Militar

Ler Próximo

Lives de hoje: Claudia Leitte, Robertá Sá, Roupa Nova e muito mais; confira agenda completa