BUSCAR
BUSCAR
Talibã acha R$ 64 milhões na casa de ex-membros do governo afegão

O Banco Central do Afeganistão informou, nesta quarta-feira (15), que os combatentes talibãs entregaram 12,3 milhões de dólares (cerca de R$ 64 milhões) em espécie e várias barras de ouro, recuperados das casas de ex-autoridades do governo anterior, incluindo a do ex-vice-presidente Amrullah Saleh.

“O dinheiro recuperado proveio de funcionários de alto escalão no governo anterior (…) e de uma série de agências de segurança nacional que tinham dinheiro em espécie e ouro em suas casas”, afirmou o comunicado.

Nesta semana, os membros do grupo anunciaram que estavam investigando contas bancárias de ex-funcionários de alto escalão do governo afegão em busca de eventuais rendas ilícitas.

O governo do então presidente Ashraf Ghani foi acusado de corrupção e de ter desviado milhões de dólares recebidos pelo país em ajuda estrangeira.

O talibã afirma que o próprio Ghani levou milhões de dólares quando fugiu para de Cabul para Abu Dhabi quando o grupo extremista ocupou a capital afegã. O ex-presidente nega que tenha levado valores ao deixar o país.

Para evitar o colapso do sistema bancário, cada afegão pode sacar apenas o equivalente a 200 dólares (aproximadamente R$ 1.043) por semana.

Segundo ex-presidente interino do Banco Central afegão, o país estaria sem o acesso à 9 bilhões de dólares (R$ 46,9 bilhões) desde a retomada do controle do Afeganistão pelo Talibã.

Fonte: R7


WHATS 98 FM

Quer receber notícias na palma da sua mão? É muito fácil. Para ficar bem informado, mande um “oi” agora mesmo para o nosso WhatsApp e fique atualizado.

Fale conosco: 99998-9898

Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
[email protected]