BUSCAR
BUSCAR
Trabalhadores do Detran RN entram em greve a partir de quinta-feira por tempo indeterminado
(Foto: Divulgação)

Os trabalhadores do Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (DETRAN/RN) vão entrar em greve por tempo indeterminado a partir de 02 de setembro, quinta-feira. A decisão foi tomada em Assembleia presencial da categoria nesta sexta-feira (27). A atividade contou com representações da categoria de todos os locais do Estado.

Alexandre Guedes, servidor da Autarquia e diretor de comunicação do Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Indireta do RN (SINAI-RN), explica que o movimento grevista tem duas principais reivindicações. São elas a atualização do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR) da categoria, cobrada há quase um ano, e a realização de concurso público, conforme acordado na greve de 2019, mas que até o momento não avançou concretamente.

Uma outra demanda reclamada é o pagamento de processos pendentes. Isto porque vários trabalhadores ainda não receberam o pagamento de processos de insalubridade acumulados há mais de ano.

A direção do SINAI afirma que os trabalhadores optaram pela greve porque enxergam nesse mecanismo de luta de classes a única alternativa frente a forma como o Executivo tem conduzido o processo de negociações em curso. As orientações conflitantes dadas pelo Gabinete Civil estadual, pela Secretaria de Administração do Estado (SEAD) e pela direção do DETRAN pesaram na decisão coletiva: “O Gabinete Civil dá uma orientação e os negociadores do Governo vêm com outra orientação. Assim fica impossível que um processo de negociação avance dessa maneira”, comenta o diretor de comunicação do SINAI, Alexandre Guedes.

Ele exemplifica essa questão ao relatar que o anteprojeto do PCCR foi todo rediscutido nessa quinta-feira (26) a pedido de membros da SEAD. Mesmo embora anteriormente a categoria já tivesse acatado diversos pontos, inclusive contrapropostas feitas pelo Governo após várias discussões.

Em atendimento ao estabelecido pela Lei de Greve, os serviços do Departamento Estadual de Trânsito serão suspensos apenas 72 horas após a deflagração do movimento e do comunicado oficial à direção da Autarquia. Por isso, apenas na quinta-feira (02/09) terá início a paralisação.

Alexandre Guedes explica que está sendo estudada a realização de um novo ato unificado na sede estadual do DETRAN, para marcar o início da greve. A ocasião deverá ser utilizada para explicar aos usuários os motivos pelos quais a base decidiu paralisar os serviços.

Já a realização de uma nova Assembleia está sob a responsabilidade da direção do Sindicato e Organização por Local de Trabalho (OLT). É certo que o encontro acontecerá em até uma semana, de forma presencial ou virtual.

Com informações da Tribuna do Norte


WHATS 98 FM

Quer receber notícias na palma da sua mão? É muito fácil. Para ficar bem informado, mande um “oi” agora mesmo para o nosso WhatsApp e fique atualizado.

Fale conosco: 99998-9898

Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
[email protected]