Turismo do RN é único setor produtivo sem Incentivo Fiscal no Estado

O presidente da ABIH-RN, José Odécio, afirma que é necessário “discutir alternativas para minimizar o impacto da crise”

O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do RN, o empresário José Odécio, afirmou que o turismo é o setor produtivo que recebe menos recursos do Governo do Estado. Segundo o empresário, esse é um processo que já ocorre há vários anos no RN, que tem projetos de incentivo para a instalação de indústrias, cedendo toda a infraestrutura física e rodoviária, inclusive incentivo de impostos, enquanto o setor de turismo não tem os mesmos benefícios.

Em razão da pandemia o setor chegou a receber uma concessão quantos aos gastos em energia, no entanto, o turismo do estado passa por uma grave crise econômica em razão da diminuição de turistas, e ainda baixas perspectivas já que Turismo será o último setor a normalizar as atividades e a sair da crise.

O presidente da ABIH afirma que é necessário “discutir alternativas para minimizar o impacto da crise”. Dentre essas alternativas Odécio destaca a manutenção da redução do ICMS, ou até a isenção do imposto para o setor na energia elétrica. O gestor enfatiza que o apoio dos Poderes Público é de fundamental importância para retomada das atividades turísticas no Rio Grande do Norte.

 

 


Ler Anterior

Coronavírus: RN ultrapassa marca de 50 mil pessoas infectadas

Ler Próximo

12 em ponto 98: confira o programa completo desta sexta-feira (31)