Adolescente mata pai, mãe e irmã e passa o fim de semana com os corpos em casa em São Paulo

Crime aconteceu na Zona Oeste de São Paulo durante o fim de semana - Foto: Reprodução
Crime aconteceu na Zona Oeste de São Paulo durante o fim de semana - Foto: Reprodução

Um adolescente de 16 anos matou pai de 57 anos, mãe de 50 e a irmã de 16 dentro de casa na noite de sexta-feira (17) em São Paulo. Ele passou o fim de semana com os corpos em casa e ele próprio chamou a polícia no domingo (19) para comunicar sobre o crime.

Antes disso, ele ainda foi à padaria comprar pão e à academia.

O adolescente, que se apresenta como adotivo, usou arma do pai, que era guarda civil municipal em Jundiaí, na Grande SP. Eles foram mortos dentro de casa, na rua Raimundo Nonato de Sá, na Zona Oeste de SP.

Ele diz que matou os pais porque estava com raiva. O adolescente contou à polícia que foi xingado de “vagabundo” pelos pais na quinta-feira (16) e ficou sem acesso ao celular. Depois da discussão, ele planejou as mortes.

A irmã foi morta porque estava na casa. Ela foi na cozinha após ouvir o barulho de tiro e também foi baleada.

Fim de semana com os corpos

Ele passou o fim de semana em casa com os corpos. O adolescente ligou para a polícia na noite de domingo (19) e confessou. Vizinhos contaram que não ouviram nenhum barulho no dia do crime, mas que a família brigava constantemente.

Câmeras de segurança da casa devem ajudar o trabalho da polícia. O adolescente foi apreendido e conduzido à Fundação Casa. O caso foi registrado como homicídio, feminicídio, posse ou porte ilegal de arma e vilipêndio a cadáver no 33º DP.

A Guarda Civil Municipal de Jundiaí e a Unidade de Gestão de Segurança disseram que prestarão o suporte necessário à família do GCM Isac Tavares dos Santos. “Ele estava lotado no destacamento Florestal. Prestativo e dedicado, estava na GMJ desde 2012”.