BUSCAR
BUSCAR
Crime
Caso de racismo com filhos de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso é encaminhado à Justiça
A atriz Giovanna Ewbank e seu marido, Bruno Gagliasso, relataram que seus filhos Títi e Bless sofreram racismo no restaurante Clássico Beach Club. Foto: Reprodução

O caso de racismo envolvendo dois filhos do casal de atores brasileiros, Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso, foi encaminhado à Justiça de Portugal.

Em nota enviada à CNN nesta segunda-feira (1º), a Guarda Nacional Republicana relatou o registro da ocorrência, no último dia 30, na qual “a patrulha da Guarda se deslocou de imediato para o local onde efetivaram a detenção de uma mulher de 57 anos e a identificação de várias testemunhas no local”.

A Guarda informou que foi apresentada uma queixa formal relativa à ocorrência “e os fatos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Almada”.

A atriz Giovanna Ewbank e seu marido, Bruno Gagliasso, relataram que seus filhos Títi e Bless sofreram racismo no restaurante Clássico Beach Club, na Costa da Caparica, em Portugal, no sábado (30), local onde a família passava férias.

Ewbank contou que uma mulher branca, que estava na frente do restaurante, xingou as crianças, e ofendeu uma família de turistas angolanos que estavam no local – de cerca de 15 pessoas.

Vídeos divulgados na internet mostram a atriz reagindo à mulher: “Vai presa, racista.” Após o ocorrido, Gagliasso chamou a polícia. A mulher foi levada do local escoltada por agentes.

De acordo com uma nota da assessoria dos atores, o casal prestou queixa contra a mulher em uma delegacia portuguesa.

O restaurante onde o incidente ocorreu também se manifestou neste domingo. “O clássico By Olivier repudia em absoluto o episódio de racismo ocorrido”, escreveu em nota divulgada nas redes sociais.

Fonte: CNN

Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
contato@98fmnatal.com.br
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com