Cobrando reajuste, servidores da Justiça do RN decidem fazer protesto em frente ao TJRN

Servidores da Justiça durante assembleia do SindJustiça, o sindicato da categoria - Foto: SindJustiça / Reprodução
Servidores da Justiça durante assembleia do SindJustiça, o sindicato da categoria - Foto: SindJustiça / Reprodução

Servidores do Poder Judiciário do Rio Grande do Norte decidiram realizar uma manifestação na próxima quarta-feira (12) no Tribunal de Justiça (TJRN). A categoria pleiteia a reabertura das negociações com o tribunal e a melhoria das propostas encaminhadas.

A decisão de fazer o protesto aconteceu no último sábado (8) em assembleia do SindJustiça, o sindicato da categoria. A categoria tem ameaçado entrar em greve, mas ainda não aprovou o início de nenhum movimento paredista.

Além de reajuste salarial, os servidores reclamam da cobrança por produtividade, “muitas vezes inalcançável e que resulta no adoecimento da categoria”.

Outra reivindicação da categoria, que não teria sido acatada até agora pelo TJRN, é a atualização do auxílio alimentação e do auxílio saúde.

“O cenário atual é de um tribunal que exige cada vez mais de seus trabalhadores e trabalhadoras, mas não faz a sua parte no reconhecimento e valorização dos ativos e dos aposentados”, acrescenta o sindicato.