Comer doces antes de malhar pode turbinar o treino e os resultados na academia; entenda

(Foto: Reprodução)

Pode parecer bom demais para ser verdade, mas especialistas atestam que verdadeiras guloseimas açucaradas são poderosas fontes de energia para quem quer turbinar os resultados na academia. Com à devida cautela, o doce não precisa entrar em conflito com seus objetivos de condicionamento físico.

“Eles são aqueles alimentos que as pessoas pensam que precisam eliminar, mas se você sabe como incluí-los na dieta, pode se adaptar ao seu estilo de vida”, defende uma pesquisadora em saúde Rachelle Reed, ao portal Insider.

Isso se deve à grande quantidade de carboidratos presentes nos doces. O macronutriente é capaz de melhorar o desempenho, apoiar a recuperação dos músculos e aumentar a síntese de proteínas, o que resulta em um maior crescimento muscular, segundo a profissional.

Embora alimentos como frutas, vegetais e grãos inteiros sejam a base fundamental da dieta, ainda há espaço para os doces, caso você não queira abrir mão de adoçar o paladar durante o dia.

Para tirar o máximo proveito das guloseimas, uma recomendação de Reed é comer doces de mascar, como chicletes e balinhas, logo antes de ir para uma academia. Já como sobremesas como chocolate, doces com avelã ou nozes, devem ser deixadas para uma etapa do pós-treino, quando é importante aumentar a recuperação muscular.

Outro fator essencial para equilibrar a balança é ficar sempre atento ao relógio. Para obter o potencial energético dos doces no pré-treino, prefira consumi-los entre 30 minutos e uma hora antes da atividade física.

É importante salientar: antes de adicionar qualquer mudança na sua rotina de alimentação, lembre-se de consultar um nutricionista.

Fonte: Metrópoles

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com