Ex-mulher de “mendigato” vai à Justiça em busca de internação: “Está comendo lixo”

Rafael foi encontrado por policiais militares no último sábado (19/8), depois de passar seis meses desaparecido. Foto: Indy Zanardo/Divulgação

A jornalista Clarissa Couto, ex-esposa de Rafael Nunes da Silva, conhecido como o “mendigato” de Curitiba (PR), informou que vai entrar com um pedido de internação compulsória para o ex-modelo de 41 anos.

Rafael foi encontrado por policiais militares no último sábado (19/8), depois de passar seis meses desaparecido. No entanto, ele decidiu continuar vivendo nas ruas do Rio de Janeiro, segundo a polícia.

Clarissa disse que o ex-marido não está em condições de decidir por si. Viciado em drogas, o “mendigato” também sofre de esquizofrenia e fazia tratamento controlado antes de voltar a viver nas ruas.

“Eu tive relatos de que ele está na rua comendo lixo. Como o Estado permite uma pessoa nessas condições decidir que quer continuar na rua comendo lixo?”, questiona ao G1.

De acordo com ela, a liberação da internação compulsória de Rafael é necessária para permitir que os PMs parem ele na rua.

“Imagine quantas dessas pessoas que estão na rua têm família, mas os familiares não podem fazer nada? Muitos não têm essa informação. O Rafael é uma exceção, mas a maioria é pobre e negro”, afirmou Clarissa.

Dependência química
O ex-modelo, que virou morador de rua por causa da dependência química, mudou-se para o Rio de Janeiro em 2013, para viver um romance com uma jornalista niteroiense chamada Clarissa. Desde então, Rafael tem altos e baixos devido à doença.

O casal teve dois filhos, mas acabou se separando em 2020. Ela pediu informações sobre o paradeiro de Rafael, enquanto a polícia não o encontrava.

Fonte: Metrópoles