Fátima é a candidata no RN com maior engajamento no Instagram e fluxo de notícias positivas, aponta Instituto Seta

Ápice do engajamento da petista foi alcançado em 25 de setembro (último domingo), quando ela reuniu 49.364 curtidas, comentários e menções

Governadora Fátima Bezerra (PT) em encontro com apoiadores em Carnaúba dos Dantas - Foto: Elisa Elsie / Governo do RN

A governadora e candidata à reeleição Fátima Bezerra (PT), líder nas pesquisas de intenção de voto, tem o maior engajamento no Instagram entre os três principais postulantes ao Governo do Estado nestas eleições.

Monitoramento feito pelo Instituto Seta, obtido com exclusividade pelo PORTAL DA 98 FM, aponta que a petista é, disparado, a que reúne o maior número de curtidas, comentários e marcações na rede social, em relação aos adversários Capitão Styvenson (Podemos) e Fábio Dantas (Solidariedade).

A análise no Instagram foi feita entre os dias 20 e 26 de setembro, com o auxílio de programas que separam conteúdos por meio de inteligência artificial. Em um processo chamado “Social listening”, foram analisadas milhares de publicações.

No período analisado, o ápice do engajamento de Fátima foi alcançado no dia 25 de setembro (último domingo), quando a governadora reuniu 49.364 curtidas, comentários e menções. Isso representa 84% do total do engajamento. Em 2º lugar, aparece Fábio Dantas, com 9%. E em 3º está Styvenson, com 6% do engajamento total.

No último fim de semana, Fátima teve o nome envolvido na polêmica da abertura de uma nova unidade da rede de lojas Havan, em Natal. Mesmo que isso tenha elevado o engajamento, antes dessa situação a governadora já liderava o ranking. Em 19 de setembro, quando o monitoramento começou, ela reuniu 32 mil de engajamento, contra 4 mil de Fábio e 3 mil de Styvenson.

O perfil oficial de Fátima Bezerra no Instagram é o que tem o maior número de seguidores: 223 mil. A conta de Fábio Dantas, por sua vez, tem 32 mil. Styvenson tem dois perfis. Foi analisado o maior deles, com 151 mil seguidores.

Monitoramento mostra presença dos candidatos nas redes sociais – Foto: Reprodução

De acordo com o Instituto Seta, o resultado quebra o estigma de que Styvenson seria o candidato mais presente no ambiente digital.

“O levantamento demonstra que, ao contrário do que se imagina, Styvenson tem presença pequena nas redes sociais, ficando atrás de Fátima Bezerra e Fábio Dantas. A atuação de Styvenson não é incipiente só na rua, mas também na própria rede na qual ele diz intensificar atividades para tentar convencer o eleitor de que pode ser o próximo governador do RN. A grande usuária das redes sociais, na verdade, é Fátima Bezerra. É ela que praticamente monopoliza o engajamento no mundo virtual com ampla dianteira sobre os demais postulantes”, aponta o relatório do estudo.

Análise do noticiário

O estudo do Instituto Seta mediu, ainda, como os candidatos são abordados em blogs e portais de notícias.

Entre 20 e 26 de setembro, a candidata que teve mais vezes o nome citado em publicações foi Fátima Bezerra, com 697. A maioria delas (55%) foi de menções positivas. Houve, ainda, 27% de menções neutras e 17%, negativas.

O segundo com mais menções em conteúdos foi Fábio Dantas – citado em 451 materiais. A maioria das menções foi negativa (46%). Além disso, 28% foram positivas e 23% foram neutras.

Por fim, Styvenson apareceu em 256 publicações, com 52% de menções negativas, 7% neutras e 37% positivas.

Resultados que não totalizam 100% são produto de arredondamentos.

Os demais candidatos ficaram restritos a menções neutras, que dão conta de suas agendas de campanha.

Análise de menções a candidatos em blogs e portais de notícias – Foto: Reprodução

Confira o teor das principais menções aos candidatos

Fátima Bezerra (PT)

  • Positivas: Menções relacionadas ao crescimento de intenções de votos em pesquisas de opinião, admitindo a possibilidade da vitória da candidata já no primeiro turno; e articulação de caminhadas e apoios políticos em municípios no interior do Estado.
  • Neutras: Menções relacionadas à situação da abertura da loja Havan nas quais a candidata aparece como isenta de responsabilidade quanto à decisão do Corpo de Bombeiros; e análises sobre a repercussão do apoio declarado pela ex-governadora Rosalba Ciarlini.
  • Negativas: Veiculações que atribuem diretamente à governadora a não abertura da loja Havan de Natal, com acusações sobre perseguição política ao empresário responsável pela rede; e críticas sobre a divulgação de índices de educação do RN que o retratam na lanterna do País.

Capitão Styvenson (Podemos)

  • Positivas: Continuidade de projetos propostos pelo senador para divulgação e incentivo à doação de órgãos; direcionamento de verbas do orçamento para o setor da saúde; e notícias que deram espaço a críticas à governadora sobre a situação da abertura da Loja Havan.
  • Neutras: Informações sobre o candidato como número eleitoral e partido; e notícias sobre o candidato comparecer a uma loja de sorvete.
  • Negativas: Menções que fazem referência à pouca participação na corrida eleitoral, interpretando como erro para com a população; e divulgação de pesquisas que o colocam com alto índice de rejeição e variando com desempenho de intenções de votos, entre 2ª e 3ª colocações.

Fábio Dantas (Solidariedade)

  • Positivas: Divulgação de pesquisas de opinião que mostram crescimento na intenção de votos e empate técnico com o candidato concorrente Styvvenson; e articulação de caminhadas e apoios políticos em municípios no interior do estado.
  • Neutras: Informações sobre o candidato como número eleitoral.
  • Negativas: Notícias sobre críticas ao desempenho político pelo concorrente Styvenson; notícias que possibilitam aumento da rejeição do candidato por ter a imagem do presidente Jair Bolsonaro (PL) atrelada à sua campanha; e publicações de pesquisas em que o candidato aparece em 3° lugar nas intenções de votos.

Sobre o estudo

O “Social Listening” oferecido pelo Instituto Seta monitora a internet por meio de plataformas de buscas personalizadas, levantando números e qualidades das menções a personalidades, assuntos, empresas ou políticos no ambiente virtual.

No monitoramento de blogs e portais de notícias, a análise sentimental das menções (entre positivo, negativo e neutro) é dada por inteligência artificial, aliada também à checagem e leitura humana dos conteúdos para garantir a eficácia do trabalho.

Para campanhas políticas, a metodologia envolve a interpretação textual atrelada às possibilidades de repercussão do candidato para com o público-alvo, os eleitores.

Além do processo de qualificação e quantificação, o instituto documenta o percentual de cada categoria e dispõe, em um gráfico temporal, as menções no período analisado. Além disso, há um ranking dos veículos mais frequentes e das temáticas que mais repercutiram com cada candidato.