Fátima manda PM arquivar investigação contra soldado grávida que fez ensaio usando farda

Governadora Fátima Bezerra (PT) mandou arquivar processo contra soldado Ellen Pegado - Foto: Sandro Menezes / Reprodução
Governadora Fátima Bezerra (PT) mandou arquivar processo contra soldado Ellen Pegado - Foto: Sandro Menezes / Reprodução

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), determinou nesta sexta-feira (17) o arquivamento do processo administrativo disciplinar aberto para apurar a conduta de uma policial militar que fez um ensaio fotográfico usando a farda da corporação.

Como mostrou a 98 FM, a Polícia Militar abriu o procedimento porque a policial teria usado a farda “em desacordo com o previsto no regulamento de uniformes” da PM.

Em nota, o Governo do Estado informou o seguinte:

“Por ordem expressa da governadora do Rio Grande do Norte, professora Fátima Bezerra, a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED) determinou à Polícia Militar do RN o arquivamento, imediato, do processo administrativo disciplinar aberto para apurar a conduta de uma policial militar pertencente à corporação que expôs, em mídia social, uma fotografia em que a mesma, grávida, aparece trajando o fardamento da corporação.”

Quando a notícia da investigação veio a público, a Associação dos Cabos e Soldados da PMRN disse que a abertura do procedimento representava “falta de empatia e sensibilidade” por parte da corporação. E ofereceu assessoria jurídica para a soldado.