Governo anuncia isenção para candidatos do Rio Grande do Sul em inscrição para o Enem

Segundo o ministro, cerca de 40 mil alunos serão assistidos, o que daria algo em torno de R$ 3,5 milhões em custos para o governo. Foto: Agência Brasil
Segundo o ministro, cerca de 40 mil alunos serão assistidos, o que daria algo em torno de R$ 3,5 milhões em custos para o governo. Foto: Agência Brasil

O ministro da Educação, Camilo Santana, disse nesta segunda-feira (20) que candidatos do Rio Grande do Sul terão isenção na inscrição do Enem — mesmo aqueles que não se enquadram nos critérios tradicionais para receber o benefício.

Segundo o ministro, cerca de 40 mil alunos serão assistidos, o que daria algo em torno de R$ 3,5 milhões em custos para o governo.

Ainda segundo Santana, será apresentado um calendário exclusivo para o Rio Grande do Sul, mas, para que isso aconteça, será necessário esperar a situação do estado evoluir. Portanto, o ministro não deu data.

Camilo Santana disse também que o Executivo estuda a necessidade de criação de um calendário diferenciado para aplicação das provas no estado.

O anúncio foi feito durante reunião no Palácio do Planalto, em Brasília.

Fonte: g1