Homem que perseguiu e atropelou cadela é identificado e intimado pela polícia no DF

O motorista já foi identificado e intimado - Foto: Reprodução
O motorista já foi identificado e intimado - Foto: Reprodução

O motorista que perseguiu, atropelou e matou uma cadela em um condomínio do Setor de Mansões Park Way (SMPW) teve a identidade descoberta pela Polícia Civil do Distrito Federal. Ele foi intimado a prestar depoimento na 21ª DP (Pistão Sul) nesta quinta-feira (4/11).

O caso ocorreu na noite do feriado de Finados e registrado pelo dono do animal, chamada de Margô, Jairo Rodrigo de Oliveira no mesmo dia. Nesta quarta (3/11), ele voltou à delegacia onde prestou depoimento e ajudou os investigadores na identificação do suspeito, que não teve o nome revelado pela PCDF.

Câmeras de segurança flagraram o momento exato em que a cachorrinha é atingida. É possível vê-la indo atrás de uma motocicleta e recuando após ser chamada pelo dono. Poucos segundos depois, ela volta correndo, mas dessa vez com uma caminhonete em alta velocidade em seu encalço. Pelo vídeo, fica claro que o condutor não freia, mesmo com Margô à sua frente. A cadelinha morreu na hora.

Conforme conta o dono de Margô, Jairo Rodrigo de Oliveira, 43 anos, a cachorrinha apareceu na garagem da casa deles há sete meses. “Perguntamos no grupo do condomínio se era de alguém, mas não houve resposta. Então, pegamos, demos banho e passamos a cuidar”, lembra.

Na hora não foi possível ver quem foi o responsável. Pela câmeras de segurança é possível ver que o veículo chegou cerca de meia hora antes, foi até o fim da rua e voltou. “Um bicho inocente, não dá para entender”, se entristece.

Fonte: Metrópoles

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com