Homem viola medida protetiva contra enteada ao reatar relacionamento com mãe da vítima, na Grande Natal

Homem viola medida protetiva contra enteada ao reatar relacionamento com mãe da vítima - Foto: Divulgação/PCRN

Policiais civis da Delegacia Especializada na Proteção da Criança e do Adolescente de Parnamirim (DPCA/Parnamirim), deram cumprimento, nesta segunda-feira (20), a um mandado de prisão contra um homem, de 37 anos, pelo descumprimento de medida protetiva de urgência contra uma adolescente. A prisão aconteceu no bairro Passagem de Areia, no município de Parnamirim, na Grande Natal.

O homem detido, padrasto da vítima, responde pelos crimes de importunação sexual, ameaça e injúria, praticados em janeiro de 2024. Na ocasião, foi solicitada uma medida protetiva de urgência, que foi deferida pelo Poder Judiciário. O padrasto, ao retomar o relacionamento com a genitora da adolescente e voltar a residir na casa dela, acabou descumprindo a medida protetiva de urgência (MPU). Por esse motivo, foi decretada a prisão preventiva pelo Poder Judiciário.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.