BUSCAR
BUSCAR
Guerra
Israel x Hamas: países denunciam crimes de guerra no Tribunal de Haia
Foto: Agência Brasil

O Tribunal Penal Internacional (TPI), conhecido como Tribunal de Haia, confirmou que cinco países pediram investigação sobre crimes de guerra cometidos na Palestina. A corte ainda destacou ter iniciado apurações sobre a situação.

O procurador Karim Khan, em comunicado nesta sexta-feira 917/11), ressaltou que os países que pediram investigação são África do Sul, Bangladesh, Bolívia, Comores e Djibuti.

Os supostos crimes de guerra cometidos no território palestino após o último dia 7 de outubro passaram a ser analisados em uma investigação aberta pela corte em março de 2021. À época, a corte abriu inquérito para avaliar situações ocorridas em 13 de junho 2014 e que violariam Estatuto de Roma em Gaza e na Cisjordânia.

“Estou pronto a trabalhar com todas as partes, inclusive para complementar os esforços nacionais de responsabilização, a fim de garantir que a justiça seja feita às pessoas afetadas pelos crimes do Estatuto de Roma”, destacou o procurador.

O TPI ressalta que, de acordo com o Estatuto de Roma, tem jurisdição sobre crimes cometidos no território de um estado parte e no que diz respeito aos nacionais dos estados partes. A Palestina é um estado parte.

O conflito entre Israel e Hamas escalou no último dia 7 de outubro, quando o Hamas empreendeu um ataque surpresa ao território israelense. Desde então, Israel tem bombardeado e promovido incursões terrestres à Faixa de Gaza.

Além dos ataques das forças de defesa, o Estado de Israel promoveu um cerco à região, limitando a chegada de suprimentos de primeira necessidade. A situação lançou a Faixa de Gaza em um contexto de crise humanitária.

Fonte: Metrópoles

Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
contato@98fmnatal.com.br
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com