Jacaré circula por áreas alagadas de Porto Alegre; VÍDEO

Um jacaré teria sido visto na avenida Getúlio Vargas, em Porto Alegre — Foto: Reprodução
Um jacaré teria sido visto na avenida Getúlio Vargas, em Porto Alegre. Foto: Reprodução

Com o avanço do Lago Guaíba por bairros que tinham sido poupados nos primeiros dias da inundação que se abate sobre Porto Alegre, regiões caracterizadas dias atrás pelo burburinho urbano passaram a registrar cenas típicas de ambientes silvestres.

Na tarde de terça-feira (7), voluntários e ambientalistas relatavam nas redes sociais que jacarés estariam circulando em ruas alagadas do bairro Menino Deus, que, com cerca de 100 mil moradores, é um dos mais tradicionais da capital.

Vídeos e fotos amplamente compartilhados mostram os répteis nadando junto a muros e cercas que seriam do bairro.

Até as 19h de terça-feira, a Secretaria do Meio Ambiente, Urbanismo e Sustentabilidade (Smamus) da Prefeitura de Porto Alegre confirmava apenas a existência de relatos recebidos de voluntários e moradores a respeito de avistamento de jacarés em áreas inundadas.

O corpo técnico da secretaria não havia realizado captura, avistamento ou gravação de imagens desses animais.

As fortes chuvas que afetam o Rio Grande do Sul desde a semana passada já provocaram

Porto Alegre foi especialmente atingida por conta do transbordamento do Guaíba, cujo nível da água chegou a 5,28 metros, quatro metros acima do volume considerado normal, segundo o Centro Integrado de Coordenação de Serviços da cidade.

O que diz a Secretaria do Meio Ambiente

“Ao longo da manhã e da tarde desta terça-feira, relatos de avistamento de jacarés de pequeno porte mobilizaram a equipe de Fauna Silvestre da Smamus para vistorias em diversos pontos alagados da cidade”, informou a secretaria, em nota emitida no início da noite de terça-feira.

Pela tarde, disse a pasta, depois que os primeiros relatos chegarem à Smamus, voluntários em resgates e servidores da secretaria se uniram em buscas pelo bairro Menino Deus, mas não localizaram o animal.

“Desta forma, destaque-se que nenhuma das imagens compartilhadas de jacarés foram registradas pela Smamus”, conclui o órgão.

Mais cedo, às 12h36, a secretaria chegara a confirmar em nota que o animal tinha sido visto no Menino Deus.

“A equipe de Fauna Silvestre da Secretaria Municipal do meio Ambiente, Urbanismo e Sustentabilidade (Smamus) confirma o avistamento de um jacaré de pequeno porte na região alagada do Menino Deus, na manhã desta terça-feira”, dizia o texto da Smamus.

A BBC News Brasil também buscou contato com o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) e com o Comando Ambiental da Brigada Militar, que também participam das ações nos municípios inundados do Rio Grande do Sul, mas não obteve retorno até o fechamento desta reportagem.

Outros jacarés

Antes das grandes inundações recentes, um jacaré avistado por populares no Parque do Pontal, nas imediações do Barra Shopping Sul e da sede da Fundação Iberê Camargo, zona sul de Porto Algre, levou a Smamus a realizar ações educativas para orientar a população sobre o que fazer e não fazer na presença desses animais.

Logo no início do alagamento de áreas urbanas, nos primeiros dias do mês, moradores também disseram ter visto um jacaré na Avenida Severo Dullius, na zona norte de Porto Alegre. Equipes da Smamus não encontraram, no entanto, evidências da presença do animal.

Na terça-feira, um homem que se identifica como o biólogo voluntário Theo, destacou em vídeo postado no Instagram que o órgão teria confirmado a presença de jacarés na Avenida Getúlio Vargas, eixo central do Menino Deus.

“Tomem cuidado, tá? Esses animais, eles ficam nas margens, e as margens agora são dentro da cidade, tá? Então, se vir algum, parece um tronco grande, não chega perto, tá?”, alertou o homem.

A assessoria de comunicação da Smamus confirma que recebeu o relato do homem, que seria voluntário junto à Defesa Civil.

O Menino Deus foi inundado na tarde de segunda-feira (6) em razão do desligamento da bomba de uma instalação da prefeitura.

Com o desligamento, a água no interior da tubulação foi lançada sobre o Menino Deus e o bairro vizinho Cidade Baixa.

Fonte: BBC

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com