Mulher suspeita de jogar ácido em jovem no Paraná é presa pela PM

Mulher suspeita de jogar ácido em jovem no Paraná é presa pela PM - Foto: Divulgação

Uma mulher suspeita de jogar ácido na jovem Isabelly Aparecida Ferreira Moro, de 23 anos, foi presa e encaminhada para a delegacia nesta sexta-feira (24). A informação é da Polícia Militar (PM-PR).

O caso aconteceu em Jacarezinho, no Norte Pioneiro do Paraná, na tarde de quarta-feira (22). A vítima está internada em estado grave no Hospital Universitário (HU) de Londrina. Relembre o caso abaixo.

Conforme Boletim de Ocorrência (B.O.) da PM, obtido pelo g1, a abordagem da suspeita ocorreu por volta das 5h desta sexta, no pátio de um hotel. O nome dela não foi divulgado.

Suspeita acionou a polícia

De acordo com a PM, a suspeita foi localizada após ela própria acionar a polícia dizendo que estava sendo perseguida por quatro homens. A PM disse que a mulher não soube explicar porque estava sendo perseguida.

Como os PMs acharam a situação suspeita, questionaram a mulher se ela tinha envolvimento com o caso de Isabelly, e ela admitiu ter jogado o produto químico na vítima por ciúmes do ex-marido.

Conforme o B.O., a mulher relatou aos policiais que Isabelly, supostamente, estava tendo um relacionamento com o homem, que está preso, de acordo com a polícia.

Investigação

À RPC, o delegado que investiga o caso não quis dar detalhes sobre a suspeita, mas disse que a investigação deve ser concluída ainda nesta sexta-feira (24). Na quinta-feira (23), o caso estava sendo tratado como tentativa de homicídio.

Na noite de quinta (23), a Polícia Civil divulgou um vídeo da pessoa suspeita de cometer o ataque. São imagens de uma câmera de segurança.

No vídeo, é possível ver que a pessoa usa peruca e roupas escuras.

Na ocasião, a suspeita do crime ainda não tinha sido presa.

O ataque

O ataque contra Isabelly aconteceu na Alameda Padre Magno, na região central de Jacarezinho.

De acordo com a investigação, a jovem estava retornando da academia por volta das 13h de quarta-feira (22) quando uma pessoa se aproximou, jogou o líquido químico na vítima e fugiu.

Segundo a polícia, Isabelly teve queimaduras no rosto, peito e na boca. A Polícia Militar disse que a jovem provavelmente ingeriu a substância, o que pode ter agravado o quadro de saúde dela.

Um vídeo gravado por uma câmera de monitoramento mostra Isabelly correndo na rua em busca de ajuda após ser atingida pela substância.

Fonte: g1