Nasa registra tempestades solares intensas, que continuarão nos próximos dias

Foto: NASA

O Observatório Solar da Nasa registrou duas intensas tempestades geomagnéticas nesta sexta-feira (10) às 22h23 (horário de Brasília) e neste sábado às 8h44. As explosões solares continuarão acontecendo até este domingo (12).

Os fenômenos foram classificados como X5.8 e X1.5, onde X demonstra explosões mais intensas e o número classifica sua força. Dependendo de como impacta a Terra, essas tempestades podem interromper as comunicações, a energia elétrica, a navegação e as operações de rádio e satélite

Auroras boreais e austrais aconteceram nos dois polos do planeta como resultado das explosões no Sol. Os fenômenos foram visíveis até o norte da Itália.

De acordo com Clinton Wallace, Diretor da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA), “este é um evento incomum e potencialmente histórico”.

Este fenômeno acontece quando há explosões no Sol que expele plasma e campos magnéticos. Elas causam tempestades geomagnéticas quando são direcionadas à Terra, podendo impactar algumas tecnologias usadas na superfície do planeta.

.Efeitos na Terra
Embora nem todas as tempestades solares causem grandes impactos, aquelas consideradas intensas podem afetar as operações de comunicação, como:

  • Danos a satélites: Essas mudanças podem afetar os satélites e outras naves espaciais em órbita, alterando sua orientação ou potencialmente desativando seus componentes eletrônicos;
  • Transmissões de rádio: As alterações na ionosfera podem bloquear ou degradar as transmissões de rádio que tentam passar pela atmosfera para chegar aos satélites. Além disso, também podem impedir que transmissões de rádio sejam refletidas com sucesso na ionosfera.
  • Rede elétrica: O clima espacial severo pode comprometer as redes elétricas, causando “problemas generalizados de controle de tensão”, sistemas de proteção também podem desarmar por engano ativos importantes da rede elétrica.

Fonte: CNN

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com