Por causa de reforma, serviços ofertados pelo Tarcísio Maia serão transferidos para outros hospitais

Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró. Foto: Google Street View
Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró. Foto: Google Street View

Os serviços de saúde ofertados pelo Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, serão transferidos temporariamente para o Hospital Regional da Polícia Militar de Mossoró e para o Hospital Regional da Mulher Parteira Maria Correia. A medida é necessária para a execução da reforma, recuperação e ampliação da unidade de saúde e a continuidade da assistência à saúde hospitalar de média e alta complexidade ofertada na II Macrorregião.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Governo do Estado, através da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) para permitir a medida.

De acordo com o TAC, a reforma deverá seguir até 2025 e será realizada por etapas. Cada serviço deverá ser transferido em um período definido no documento.

Segundo o MPRN, a pactuação busca regulamentar ações e orientações com o objetivo de garantir condições adequadas, dentro dos prazos estipulado no cronograma, para a execução da reforma, recuperação e ampliação do HRTVM.

Ainda segundo o Ministério Público, para que o atendimento seja mantido à população, deverão ser nomeados 762 profissionais, entre eles candidatos aprovados em concursos públicos para provimento de cargos vagos. As nomeações deverão ser realizadas em uma prazo de até 30 dias a contar da homologação judicial do TAC.