Principal nome alvirrubro na temporada, Souza descarta pressão e exalta a comissão técnica do América: “Tô muito feliz aqui”

Artilheiro e líder de assistências, não é novidade para ninguém que Souza é o grande destaque do América neste início de 2024.

Imagem: TV Mecão

Por Tais Viviane

Em entrevista concedida à TV Mecão, o craque de 36 anos chegou a ser questionado sobre o bom momento e o papel de liderança que exerce no clube e declarou:

“Em questão de felicidade, estou muito feliz aqui. Em questão de peso, não. Para mim não é peso, eu fui contratado para isso. Então eu tenho que assumir isso. Eu venho trabalhando, eu venho me esforçando. Peguei uma comissão aqui, com o Marquinhos, com o Jonas, que me prepararam muito bem durante a pré-temporada, durante os jogos, me dá bastante confiança para jogar. O clube me dá suporte, meus companheiros me ajudam, então, eu vim pra cá para isso, para poder assumir esse papel de liderança, papel de ser um dos principais jogadores. E estou feliz e contente por isso e espero que no final do ano nós possamos conseguir nossos objetivos”.

Souza chegou no América após saída conturbada do Náutico onde chegou a discutir com o então treinador da equipe pernambucana, Fernando Marchiori, e acabou não entrando nos planos de Allan Aal, sucessor de Marchiori, para 2024 no Timbu. Ainda durante a entrevista concedida a assessoria do clube, Souza ressaltou a importância do próximo duelo contra o Potiguar de Mossoró.

“O jogo em casa a gente sabe que é importantíssimo para quem quer somar pontos. A gente não pode perder ponto em casa. A gente vem demonstrando nossa força e queremos continuar com esse desempenho em casa. Entramos fortes e focados para conseguir a vitória”

O América entra em campo no domingo, 19, às 18h, na Arena das Dunas, para enfrentar o Potiguar de Mossoró.

Vídeo: Souza, em entrevista a TV Mecão