Professor condenado por estuprar enteada de 8 anos é preso em Parnamirim; homem já foi investigado por assediar alunas

A prisão faz parte da "Operação Caminhos Seguros", deflagrada em âmbito nacional para combater os crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes. Foto: Reprodução/ Polícia Civil
A prisão faz parte da "Operação Caminhos Seguros", deflagrada em âmbito nacional para combater os crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes. Foto: Reprodução/ Polícia Civil

Um homem, de 43 anos, condenado por estuprar a enteada de 8 anos foi preso nesta segunda-feira (20) no bairro Passagem de Areia, em Parnamirim, na Grande Natal. O homem, que é professor, foi investigado por assediar e importunar alunas, que também eram menores de idade.

Ele foi detido por policiais civis da Delegacia Especializada na Proteção da Criança e do Adolescente de Natal (DPCA/Natal), com o apoio da Delegacia Especializada na Proteção da Criança e do Adolescente de Parnamirim (DPCA/Parnamirim).

De acordo com as Polícia Civil, o homem havia cometido o estupro contra a criança por três anos, que na época tinha apenas 8 anos de idade. O mandado de prisão definitiva foi expedido pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Parnamirim. O homem foi condenado a 14 anos e 6 meses de prisão em regime fechado. Ele foi encaminhado para o sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

A prisão faz parte da “Operação Caminhos Seguros”, deflagrada em âmbito nacional para combater os crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes.