Querendo surpreender, o América visita o Corinthians pela Copa do Brasil

Gabriel Leite/América RN

Precisando da virada após perder por 2 a 1, no primeiro jogo, o América visita o Corinthians nesta quarta-feira, às 20h, pelo jogo de volta da terceira rodada da Copa do Brasil.

O histórico do confronto não favorece a equipe Alvirrubra. São 11 partidas disputadas e apenas um triunfo Americano contra oito vitórias do Timão, além de dois empates. A última vez que o América visitou o Corinthians foi pela Série B de 2008 quando terminou derrotado por 2 a 0. Será o primeiro encontro desses times na Neoquímica Arena.

Apesar da vitória contra o Potiguar de Mossoró, na quarta rodada da Série D, o América chega para o duelo contra o Corinthians cercado de dúvidas devido à uma virose que acometeu alguns atletas antes do último jogo.

https://twitter.com/AmericaFCNatal/status/1792285505326907765?t=7XdrdATQaasKRQM1hu8dZw&s=19

Já o Corinthians não atuou no final de semana pela Série A do Campeonato Brasileiro, por conta da suspensão dos jogos da primeira divisão até o dia 27 de maio, em decorrência das enchentes no Rio Grande do Sul. A última vez que o Alvinegro entrou em campo foi no dia 14 de maio, pela fase de grupos da Sul-Americana, quando derrotou o Argentino Juniors por 4 a 0.

AMÉRICA

Comando por Marquinhos Santos, o América entrará em campo sabendo que precisa buscar a virada para se classificar à fase seguinte da Copa do Brasil. Para isso, a equipe alvirrubra espera recuperar o atacante Gustavo Henrique que foi cortado devido a virose no último jogo. Ainda em processo de recuperação, o zagueiro Rafael Jansen e o atacante Rafinha são dúvidas para o duelo.

Escalação provável: Renan Bragança; Marcos Ytalo, Jansen (Salazar), Allan, Marquinhos Pedroso; Ferreira, Wenderson, Sousa e Norberto; Gustavo Henrique e Rafinha.

CORINTHIANS

O treinador António Oliveira não deve forçar os retornos de Diego Palacios, Pedro Henrique e Matheuzinho, porém deve contar com a volta de Paulinho para o duelo contra o América.

Escalação provável: Carlos Miguel; Fagner, Félix Torres, Cacá e Hugo; Raniele, Breno Bidon e Rodrigo Garro; Romero, Yuri Alberto e Wesley.