BUSCAR
BUSCAR
Declaração
Rogério Marinho rebate acusação de Carlos Eduardo: “sério desequilíbrio”; VÍDEO
O ex-ministro do Desenvolvimento Regional e pré-candidato ao Senado Rogério Marinho (PL). Foto: 98 FM

O ex-ministro do Desenvolvimento Regional e pré-candidato ao Senado Rogério Marinho (PL) respondeu nesta sexta-feira (13), em entrevista ao Repórter 98, as acusações feitas pelo ex-prefeito de Natal e também pré-candidato a senador Carlos Eduardo (PDT). De acordo com Marinho, Carlos Eduardo está em um “sério desequilíbrio”, o ex-ministro atribuiu isso as atuais alianças políticas nas quais seu adversário está inserido.

“Acredito que ele está tendo um sério desequilíbrio, tanto que no grupo político que ele está inserido, ele me parece um pouco alienígena, porque alguém que em 2018 estava em um palanque defendendo Bolsonaro, e acusando tanto a atual governadora, quanto o ex-presidente Lula, de desonestidade, de descalabros administrativos, políticos e etc, certamente ele tem que fazer um contorcionismo para  conseguir se reinserir politicamente e reenquadrar o seu discurso” , disse.

O ex-ministro disse ainda que o ex-prefeito começou sua ascensão política traindo a sua própria família, e o acusou de ser incoerente. ” Ele aqui veio e proferiu uma série de acusações, impropérios e desqualificações, inclusive mentindo, em nenhum momento eu fui presidente da Urbana ou secretário, mas são questões que eu reputo a esse desequilíbrio que ele certamente está vivendo”, completou.

Nesta quinta-feira (12), também em entrevista ao Repórter 98, Carlos Eduardo resgatou escândalos relacionados a Rogério, para ligar o nome do ex-ministro a casos de corrupção. Ele citou o caso da “Máfia do Saco Preto”, a suposta nomeação de cargos fantasmas na Câmara Municipal de Natal quando Rogério era presidente da Casa e o uso de verbas federais para construir um mirante perto das propriedades do ex-ministro.

Confira o trecho:

Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
contato@98fmnatal.com.br