SP: Haddad lidera e Tarcísio empata com França, aponta pesquisa Real Time

Fernando Haddad (PT), Márcio França (PSC) e Tarcísio de Freitas (Republicanos), pré-candidatos ao governo de SP - Foto: Reprodução

Pesquisa Real Time Big Data divulgada nesta segunda-feira (23) pela TV Record mostra Fernando Haddad (PT) na liderança, com 29% das intenções de votos, da disputa ao governo de São Paulo.

Em segundo lugar, no principal cenário estimulado, o candidato de Jair Bolsonaro (PL), o ex-ministro Tarcísio Gomes de Freitas (PSC) aparece empatado com o ex-governador Márcio França (PSB), com 15%.

Na sequência, vem Rodrigo Garcia (PSDB) com 7%. Depois, Vinicius Poit (Novo), Abraham Weintraub (Brasil), Felício Ramuth (PSD) e Elvis Cezar (PDT) aparecem com 1%. Altino Júnior (PSTU) e Gabriel Colombo (PCB) não pontuaram.

Outros 12% não sabem ou não responderam e 18% disseram que votariam em branco ou anulariam.

Em cenário sem França, Haddad vai a 33% e Tarcísio chega a 20%. Garcia soma 10%, seguido de Poit e Ramuth, ambos com 2%, e Weintraub, com 1% – brancos e nulos são 18% e indecisos 13%.

2º turno: Haddad vence Tarcísio

A pesquisa ainda simulou diversos cenários de segundo turno. Em uma disputa direta entre os dois candidatos progressistas, Haddad e França ficariam empatados com 33% das intenções de votos cada um – com 20% de brancos e nulos e 14% de indecisos.

O petista, no entanto, vence Tarcísio por 35% a 27% – 22% de brancos e nulos e 16% de indecisos. França também derrota o candidato de Bolsonaro por 37% a 24%, com 21% de brancos e nulos e 18% de indecisos.

Atual governador, que assumiu após João Doria (PSDB) se lançar candidato à Presidência, Garcia é derrotado por Haddad (36% a 21%), França (42% a 17%) e Tarcísio (26% a 18%).

O instituto ouviu 1.500 eleitores paulistas entre 20 e 21 de maio. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o código SP-05693/2022.