Stalking: Homem é preso em Touros por perseguir adolescente quando ela saía da escola

Prisão aconteceu nesta quinta-feira (6) em Touros, no litoral norte potiguar - Foto: PCRN / Reprodução
Prisão aconteceu nesta quinta-feira (6) em Touros, no litoral norte potiguar - Foto: PCRN / Reprodução

A Polícia Civil prendeu nesta quinta-feira (6) um homem de 39 anos suspeito de perseguir uma adolescente de 13 anos e descumprir medidas protetivas de urgência. O caso ocorreu em Touros, no litoral norte potiguar.

Segundo a investigação, o suspeito aparecia na escola da adolescente durante a saída e a seguia até em casa. A adolescente desenvolveu transtornos psicológicos como resultado da perseguição, chegando a expressar pensamentos suicidas para sua mãe.

A conduta pode configurar o crime de stalking, previsto na Lei 14.132/2021. Após a equipe da Polícia Civil ter tomado conhecimento da situação, foi feito pedido de medida protetiva e, posteriormente, um pedido de prisão preventiva contra o investigado.

No intuito de resguardar a intimidade e a integridade emocional da vítima, a Polícia Civil não fornecerá detalhes como: nomes das pessoas envolvidas e endereço.

O suspeito foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

O que é stalking

Stalking, ou perseguição obsessiva, é um crime caracterizado por um conjunto de comportamentos que visam monitorar, controlar, assediar ou intimidar uma vítima, causando sofrimento emocional e psicológico.

A Lei nº 14.132/2021, que descreve o crime de perseguição, entrou em vigor no dia 1º de abril de 2021 e acrescentou o Art. 147-A ao Código Penal Brasileiro, prevendo pena de reclusão de seis meses a dois anos e multa ao perseguidor, podendo aumentar se o crime for cometido contra crianças, adolescentes, idosos ou mulheres, ou caso o suspeito utilize armas de fogo.

A pena também é ampliada se duas pessoas ou mais praticarem o crime contra mesma vítima.