BUSCAR
BUSCAR
Mundial
Thiago Silva se despede da Copa do Mundo; veja quem mais na seleção brasileira deixa o torneio
Seleção brasileira Thiago Silva. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Aos 38 anos, o zagueiro e capitão da seleção brasileira Thiago Silva se despede da Copa do Mundo. Em sua carreira, o jogador foi convocado para quatro edições do Mundial consecutivamente (2010, 2014, 2018 e 2022). Diferentemente de outros jogadores importantes que defenderam o Brasil no torneio, o defensor se despede da principal competição de futebol sem conquistar o título.

Na primeira participação em Copas, na África do Sul, em 2010, Thiago Silva ficou apenas no banco de reservas durante todo o torneio. A dupla titular do técnico Dunga era formada por Lúcio e Juan. A seleção brasileira foi eliminada nas quartas de final, diante da Holanda.

No ano seguinte, Thiago Silva assumiu a braçadeira de capitão da seleção, ocupando o posto durante os Jogos Olímpicos de 2012, em Londres. Com ele em campo, o Brasil foi campeão da Copa das Confederações da Fifa, em 2013, sendo ele o jogador a erguer a taça.

O ano seguinte foi o da Copa do Mundo no Brasil. Thiago Silva ainda era o capitão da seleção, que era comandada por Luiz Felipe Scolari. Nessa edição do Mundial, o jogador foi alvo de críticas por sentar em uma bola e chorar antes de uma disputa de pênaltis contra o Chile por uma vaga nas quartas de final da competição. Em entrevistas, o jogador diz que tirou do episódio um aprendizado e lamentou ter ficado marcado negativamente pelo ocorrido.

Pouco mais tarde, Thiago Silva também carregaria o peso de ser o capitão da equipe durante a acachapante derrota para a Alemanha por 7 a 1, a maior goleada sofrida pelo Brasil na história das Copas.

Quatro anos depois, o técnico Tite convocou novamente Thiago Silva para a seleção no Mundial na Rússia. No torneio, o jogador foi titular nas cinco partidas da equipe, que terminou eliminada pela Bélgica. Ele foi capitão em dois jogos, contra a Costa Rica e o México.

O jogador do Chelsea ainda pode ter mais alguns anos na ativa na carreira de atleta profissional, mas a Copa do Mundo no Catar deve ser a sua última.

Daniel Alves

Daniel Alves foi a convocação de Tite mais criticada da Copa do Mundo no Catar. Com 39 anos, o jogador passou grande parte do tempo no banco de reservas, com entradas de alguns minutos no segundo tempo das partidas de 2022, e só entrou como titular no jogo contra Camarões, quando foi o capitão do time – o atleta mais velho ao assumir o posto na seleção brasileira.

Além do Catar, Daniel Alves foi convocado para a Copa do Mundo na África, em 2010, e para 2014, quando a competição foi sediada no Brasil. Em 2018, o jogador ficou de fora do Mundial por lesão.

Fonte: Estadão

Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
contato@98fmnatal.com.br
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com